Renda de Belo com streaming será penhorada para quitar dívida

Advogada alega que cantor Belo vinha ocultando patrimônio e solicitou penhora de direitos autorais pagos por Spotify, YouTube e outros

Daniel Haidar/Metrópoles



A Justiça de São Paulo determinou a penhora do rendimento de shows e de royalties pagos por plataformas de streaming ao cantor Marcelo Pires Vieira, o Belo, para que esse faturamento seja bloqueado e usado na quitação de uma dívida de quase R$ 870 mil do músico com um produtor de eventos.


Ofícios da 34ª Vara Cível de São Paulo, com a ordem de sequestro dos rendimentos, fo