Rússia, Ucrânia e EUA avançam em acordo para parar a guerra; ataques continuam

Pela primeira vez, houve contato entre o Kremlin e a Casa Branca desde o início da crise

FolhaPress- Rússia e Ucrânia avançaram nas negociações para chegar a um cessar-fogo na invasão promovida por Vladimir Putin no país vizinho, que completará três semanas na madrugada desta quinta (17).

Pela primeira vez, houve contato entre o Kremlin e a Casa Branca desde o início da crise, e o jornal britânico Financial Times diz que Moscou e Kiev já discutem a minuta de arranjo para ao menos lograr um cessar-fogo.

Não que a paz esteja à mão: novos ataques russos em Kiev e em outras cidades do país, como Kharkiv, indicam a estratégia do Kremlin de manter a pressão militar alta enquanto tenta arrancar os termos mais próximos de suas demandas dos ucranianos.

O presidente ucraniano, o acuado Volodimir Zelenski, disse em mensagem nesta quarta (16) que “os encontros continuam e as posições durante as negociações já soam mais realistas”. “Mas tempo ainda é necessário para as decisões que sejam do interesse da Ucrânia”, afirmou. As conversas virtuais seguem.