Rússia bombardeia escola onde estavam abrigadas 400 pessoas na Ucrânia


Forças russas bombardearam uma escola de arte em Mariupol, na Ucrânia, na manhã deste domingo (20/3). Segundo informações do conselho municipal da cidade, 400 pessoas estariam abrigadas na escola, entre elas, mulheres, crianças e idosos.

Ainda conforme o conselho, não há informações sobre o número de vítimas do ataque. O prédio, entretanto, teria sido destruído e pessoas estariam sob os escombros.

O governo da Ucrânia confirmou que receberá, na próxima semana, mais armas e mísseis antitanque cedidos pelos Estados Unidos. Os norte-americanos têm feito uma série de doações de armamento e de dinheiro para ajudar na defesa do país.

Na tarde deste sábado (19/3), o secretário do Conselho de Segurança e Defesa Nacional da Ucrânia, Oleksii Danilov, fez o anúncio, mas não deu maiores detalhes. “[As armas] estarão no território do nosso país no futuro próximo, em dias”, disse.

Fonte: Banda B com o Metrópoles