Presos extorquiam empresários em Cornélio Procópio por telefone

Por MPPR



O Ministério Público do Paraná, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio, no Norte Pioneiro, apresentou nesta quinta-feira, 13 de janeiro, denúncia criminal contra seis pessoas, todos já detentos da cadeia pública da cidade. A ação penal é resultado da Operação Alcateia, do MPPR, que investigou grupo criminoso que dava golpes telefônicos em comerciantes da região, a partir da unidade prisional.

Os investigados foram denunciados pelo crime de associação criminosa e outros 16 crimes de extorsão (nas modalidades consumada e tentada). Conforme apurado pela Promotoria, para a realização dos ilícitos, os presos tinham um método: em um primeiro momento, pesquisavam telefones de estabelecimentos comerciais da região. Depois, já com os números, realizavam contatos telefônicos com as vítimas, passando-se por traficantes conhecidos. A partir disso, pediam dinheiro, intim