Mulher é amarrada em carro pelo ex e arrastada por 50 m

Após imobilizar a vítima, ele enrolou uma mangueira de jardim de três metros no pescoço da mulher e no engate do carro e arrancou com o veículo

Tá no site com Banda B- Uma mulher de 30 anos foi amarrada a um carro e arrastada por cerca de 50 metros, em Nipoã, cidade de pouco mais de 5.000 habitantes, a 495 km de São Paulo. O suspeito do crime, o ex-namorado, foi preso na quinta-feira (17) e deve responder por tentativa de feminicídio.

As agressões aconteceram no sábado (12), na cidade do interior paulista, após ela pedir o fim do relacionamento. O homem, de 43 anos, está em prisão temporária. Ele não tinha advogado constituído até esta segunda-feira (21). Ele ficou em silêncio no momento da prisão, segundo a polícia.

O caso se assemelha ao da morte da garota de programa Selma Heloisa Artigas da Silva, a Nicole, em 1998, em Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo). Em 2016, o empresário Pablo Russel Rocha foi condenado a 24 anos de prisão por ter arrastado por dois quilômetros e matado a vítima.

Pelo relato da vítima, sem aceitar o término, o homem passou a agredi-la. Após imobilizá-la, enrolou uma mangueira de jardim de aproximadamente três metros no pescoço da mulher e no engate do carro e arrancou com o veículo.

A mulher contou à reportagem que quanto mais tentava desamarrar a mangueira, mais ela se enroscava em seu pescoço. Por isso, achou que iria morrer.