Incêndio que matou 12 familiares nos EUA começou porque menino de 5 anos botou fogo em árvore de Nat



Por G1

O incêndio que atingiu uma casa geminada na Filadélfia , nos Estados Unidos, na quarta-feira passada, deixando 12 mortos, incluindo oito crianças, foi causado por um menino de 5 anos que acendeu uma árvore de Natal com um isqueiro, disseram autoridades da cidade nesta terça-feira (11).

Como informa o "New York Times", o fogo começou antes do amanhecer, alastrando-se rapidamente para o segundo andar da casa. O garoto de 5 anos, uma das duas únicas pessoas que sobreviveram na residência, disse à polícia que estava brincando com o isqueiro. Os investigadores determinaram que ele era a única pessoa na parte do apartamento onde o incêndio começou, disse Adam K. Thiel, comissário de bombeiros da Filadélfia, em entrevista coletiva. “Acreditamos nas palavras dessa criança de 5 anos, dessa criança traumatizada de 5 anos, para nos ajudar a entender como o isqueiro e a árvore se juntaram com consequências trágicas”, disse o comissário Thiel. “Refutamos quaisquer outras teorias.” Havia 14 ocupantes no apartamento no momento da tragédia– não 18, como as autoridades haviam informado originalmente – e todos, exceto a criança de 5 anos, estavam nos quartos do terceiro andar. Doze pessoas que estavam na residência, incluindo três irmãs e nove de seus filhos e filhas, morreram. Duas pessoas, incluindo a criança de 5 anos e um homem que saltou de uma janela do terceiro andar, foram hospitalizadas com ferimentos.

Os detectores de fumaça não funcionaram, segundo o Corpo de Bombeiros do estado. Havia quatro detectores de fumaça no edifício, que pertence à autoridade habitacional da cidade. Multidão assiste ao trabalho dos bombeiros no local de um incêndio que deixou 13 mortos em uma casa geminada no bairro de Fairmount, na Filadélfia, em 5 de janeiro de 2022 nos Estados Unidos — Foto: Alejandro A. Alvarez/The Philadelphia Inquirer via AP Os bombeiros chegaram por volta das 6h40 (horário local, 8h40 em Brasília) e levaram cerca de 50 minutos para conseguir controlar o fogo, que atingiu o segundo dos três andares da casa.