Europa acabará se usina nuclear atacada por russos explodir, diz Ucrânia

Presidente do país conversou com líderes de outras nações sobre a situação da usina

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, fez nesta 5ª feira (3.mar) -- GMT-3 -- um apelo a todas as pessoas que conhecem o acidente nuclear de Chernobyl, o maior da história, a alertarem seus políticos sobre o incêndio provocado por ataque russo à usina nuclear de Zaporizhzhia - a maior europeia. De acordo com ele, em caso de explosão do local, a Europa acabará, ou seja, todo o continente precisará ser evacuado.

O pedido e a afirmação foram feitos em vídeo enviado por Zelensky em seu canal no Telegram. Ainda na gravação, ele pontuou que "tanques russos estão atirando nas unidades nucleares". "Esses tanques são equipados com termovisores. Eles sabem onde estão atirando e se prepararam para isso", completou. O líder ucraniano acusou a Rússia de querer repetir o acidente de Chernobyl e de ser o primeiro país "terrorista" da história a recorrer ao "terror nuclear".