Eduardo Costa desabafa após ter sido tirado do projeto Cabaré

O cantor virou réu por estelionato, foi condenado por xingar Fernanda Lima e relembrou a exclusão do projeto Cabaré

Vinícius Veloso/Metrópoles


Eduardo Costa se envolveu em muitas polêmicas neste começo de ano. O cantor foi condenado por chamar Fernanda Lima de imbecil, virou réu por estelionato e teve intrigas familiares por conta da namorada e do enteado.


O sertanejo também foi excluído do projeto Cabaré. Leonardo decidiu colocar Bruno e Marrone no lugar. No meio de tanta confusão, Eduardo Costa desabafou. “Eu fui um cara sempre bem intencionado, me colocaram várias vezes em polêmicas que eu não tinha intenção de entrar”, disse.


Segundo a Coluna LeoDias, o projeto sertanejo estará de volta em 2022. O relato foi feito por Alvaro Garnero, um dos principais nomes do entretenimento do Brasil, durante entrevista concedida à coluna. Na conversa, Alvaro anuncia os novos projetos comprados por ele e outros sócios em um fundo de investimento de shows, que custou R$ 260 milhões.