Calouros de Veterinária sofrem queimaduras de 1° e 2° grau em trote de recepção no Paraná

Cerca de 25 estudantes foram queimados durante o trote universitário

A Polícia Civil investiga um trote realizado na noite da última quarta-feira (30) por estudantes de medicina veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Palotina, no oeste do estado. O episódio terminou com ao menos 25 calouros com queimaduras de primeiro e segundo grau.

QUANDO E ONDE TUDO OCORREU

O trote com os calouros aconteceu na noite de quarta-feira (30) em um terreno baldio há menos de cem metros da entrada do campus de Palotina, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), no oeste do estado.

Conforme a Polícia Civil, as vítimas relataram que, inicialmente, tiveram que pedir dinheiro pelas ruas da cidade. Depois, o grupo foi levado ao terreno e foi obrigado a se ajoelhar. Imagens mostram os calouros sendo levados enfileirados até o local.