Batalhas de Hip Hop reúnem jovens aos domingos em Santo Antônio da Platina

Por Assessoria

Música, dança e rimas têm reunido jovens de Santo Antônio da Platina nas tardes de domingo na praça de Skate na Vila Ribeiro. Chamado de “Batalha de Platina”, o encontro atrai artistas de toda região que encontraram na cidade um palco para as batalhas de rima, comum em grandes centros e que tem se destacado entre os jovens platinenses.


No último fim de semana Mc’s de Jacarezinho ,Joaquim Távora, Ribeirão do Pinhal ,Jundiaí Do Sul, Cornélio Procópio e Ourinhos-SP participaram batalha de rimas que consiste na troca de versos, frases e música entre os participantes, numa disputa que envolve a arte do improviso e do raciocínio lógico e que envolvem ritmos Rap, Trap, Hip Hop e Funk, chamando a atenção de meninos e meninas de várias idades.


Um dos líderes dos encontros é o platinense William Oliveira, que possui uma produtora chamada Platina Records, local onde começou os encontros de rap e hip hop. “Sempre nos reunimos em praças e nas esquinas e cada vez mais pessoas se interessaram em assistir e participar das rimas.Foi então que junto com alguns amigos decidimos organizar estes encontros e trazer artistas que já têm algum reconhecimento nas batalhas de rimas e assim o movimento tem crescido cada vez mais”, relata.


Mesmo sendo realizado de maneira improvisada e com palavras de impacto que insultam o adversário, existem regras e disciplina durante as batalhas com regras de tempo e vez de cada participante.