Mais de 16 mil crianças devem ser vacinadas contra a poliomielite

Durante a campanha também será realizada a atualização de outras vacinas

Os 22 municípios da região de abrangência da 19ª Regional de Saúde, com sede em Jacarezinho, devem imunizar na 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, que começa neste sábado, 16.435 crianças de seis meses a cinco anos de idade.

Durante a campanha também será realizada a atualização de outras vacinas, por isso a responsável pela Seção de Vigilância Epidemiológica da Regional, Patrícia Chaves de Oliveira Barros, pede aos pais ou responsáveis que levem a carteirinha de vacinação de seus filhos para que as crianças recebam as doses em falta.

“O grupo alvo desta campanha são crianças de seis meses a menores de cinco anos, e juntamente com a vacina da Poliomielite(gotinha ) será feita uma avaliação da situação vacinal da criança do grupo alvo, para que de forma seletiva proceda­-se a atualização da caderneta. Por isso solicitamos que os pais ou responsáveis não deixem de levar a Carteirinha de Vacinação para que seja avaliada e se estiver faltando alguma vacina, que ela seja feita ou então agendada para ser aplicada posteriormente”, recomendou.

Patrícia ainda adiantou que durante a campanha também estará sendo oferecida vacina contra a Influenza para todo o grupo prioritário (gestantes, puérperas, pessoas com doenças crônicas e crianças de seis meses a menores de 5 anos), que ainda não tomou a vacina. Haverá doses disponíveis para pessoas acima dos 55 anos de idade.

Patrícia ainda explica a importância da vacinação. “O Brasil já está há 26 anos livre do poliovírus. O último caso foi registrado no país em 1990. No Paraná, o último caso de paralisia infantil foi diagnosticado em 1986. “A meta é vacinar 95% ou mais do público alvo. Precisamos manter a cobertura vacinal e evitar que o vírus seja novamente introduzido no País”, disse.

No Paraná, a previsão é de que mais de 600 mil crianças de seis meses a quatro anos de idade receberam a vacina este ano. Para quem não puder comparecer neste sábado, a campanha continua até dia 31 de agosto. A vacina pode ser recebida de segunda a sexta-­feira em todas as unidades de saúde da região.

Comentários

FONTETribuna do Vale/Gladys Santoro/Crédito: Antônio de Picolli
COMPARTILHE