No Cruzeiro, Mano revê Paulo André, que o culpou por saída do Corinthians

Titular com Vanderlei Luxemburgo, que estava no Cruzeiro até essa segunda-feira, o zagueiro terá que recuperar o prestígio com o novo treinador do bicampeão brasileiro.

Paulo André era reserva do Corinthians na época de Mano Menezes

Após citar Mano Menezes como um dos responsáveis por sua saída do Corinthians, no ano passado, em ação movida contra o clube, Paulo André terá que trabalhar novamente com o técnico na Toca da Raposa II. Titular com Vanderlei Luxemburgo, que estava no Cruzeiro até essa segunda-feira, o zagueiro terá que recuperar o prestígio com o novo treinador do bicampeão brasileiro.

Em 2014, logo depois de se transferir para o Shanghai Shenhua, da China, ele moveu um processo contra a agremiação paulista. No documento, ele alega que a chegada do novo treinador cruzeirense ao CT Joaquim Grava foi preponderante para a sua transferência para o futebol do exterior:

“No início de 2014, o Reclamado (Corinthians) trocou seu treinador e resolver fazer uma reformulação no grupo de atletas. Com a mudança, o Reclamante (Paulo André) percebeu que talvez tivesse poucas oportunidades na equipe, tanto que o Reclamado incentivou o atleta a buscar novas oportunidades de trabalho, comprometendo-se a liberá-lo para eventual clube interessado no exterior, sem qualquer custo de transferência.

Diante disso, o Reclamante pediu a seu agente que buscasse novas oportunidades, tendo surgido o interesse do clube Shanghai Shenhua, da China. Ao saber da proposta, o Reclamado imediatamente aceitou liberar o vínculo desportivo do Reclamante e, por isso, em comum acordo as Partes resolveram antecipar o término do contrato vigente, o que se daria por um instrumento de distrato”, conforme escrito na ação.

Embora não contasse com o apreço de Mano Menezes no período em que defendeu o Corinthians, Paulo André renovou o seu contrato com o Cruzeiro até o fim de 2016 a pedido de Vanderlei Luxemburgo. O zagueiro possuía vínculo até o fim desta temporada, mas não sabe se terá novas oportunidades com o técnico recém-contratado.

Comentários

FONTE esporte.uol
COMPARTILHE