Vagner Love chora depois de brilhar e diz que não desaprendeu a jogar

O meia Renato Augusto, hoje um dos principais líderes do Corinthians, contou uma conversa particular com Love antes de a maré ruim ser superada.

Vagner Love derramou lágrimas, ganhou um cumprimento todo especial de Tite ao ser substituído e abraços de todos os companheiros ao abrir o placar neste domingo. Em dia de redenção, o centroavante do Corinthians fez duas vezes para vencer o Cruzeiro por 3 a 0 em São Paulo.

“A gente fica emocionado. A mesma torcida que vaia é a que aplaude e eu sabia que uma hora isso ia chegar. Entrei muito concentrado e sei da minha qualidade, do meu futebol. Não desaprendi”, comentou Vagner Love.

O meia Renato Augusto, hoje um dos principais líderes do Corinthians, contou uma conversa particular com Love antes de a maré ruim ser superada. “Me sentei com ele no ônibus, conversei com ele e disse que a direção confia nele. Vinha treinando bem, nunca desanimou e deu apoio ao Luciano quando entrou, hoje ele foi recompensado. Ele vinha correndo, vinha lutando, mesmo sem fazer gols. Falei para ele: ‘Love, faz o simples, toca e corre na área que você vai fazer gol’. Ele queria fazer tudo, driblar um ou dois, e a bola ia chegar. Como chegou para o Luciano na área. Hoje chegou, ele fez os gols e espero que continue assim”, declarou.

Vagner Love explicou que o primeiro gol, por sinal, é fruto de orientação do treinador. “Fizemos uma boa troca de passes e o Elias finalizou como o Tite pede. Eu, como 9, tenho que estar ali buscando o rebote do goleiro”.

Comentários

FONTE esporte.uol
COMPARTILHE