7 gols! Corinthians bate Sport com pênalti (bem) polêmico e vira líder

O último ato do jogo foi uma marcação polêmica do árbitro paulista Luiz Flávio de Oliveira em pênalti assinalado por toque na mão de Samuel Xavier. Jadson definiu com muita categoria para assegurar a vitória.

A melhor defesa do Campeonato Brasileiro esteve em dia irreconhecível em Itaquera, mas quem se importa? Nesta quarta-feira, em jogo carregado de emoções e com um visitante pra lá de valente, o Corinthians venceu o Sport por 4 a 3 e encostou na briga pela liderança com o Atlético-MG.

O último ato do jogo foi uma marcação polêmica do árbitro paulista Luiz Flávio de Oliveira em pênalti assinalado por toque na mão de Samuel Xavier. Jadson definiu com muita categoria para assegurar a vitória.

O Corinthians ainda marcou com Luciano, duas vezes, e gol contra do mesmo Samuel Xavier. O Sport buscou o empate duas vezes na Arena Corinthians, na última delas com um par de gols de Hernane Brocador, mas acabou derrotado.

Com 37 pontos, o Corinthians virou líder do Brasileiro, mas tem um jogo a mais do que o Atlético-MG, que fecha a 18ª rodada contra o Grêmio, nessa quinta, às 21h, no Mineirão. O clube mineiro tem 36 pontos e 17 partidas disputadas. O Sport, com 30 pontos, está sem sexto.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 4 x 3 SPORT

Data: 12/08/2015
Horário: 22h (de Brasília)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos de SP)
Cartões amarelos: Gil, Samuel Xavier
Público e renda: 30941 torcedores / 31.283 público total / R$ 1.671.129,76

Gols: Luciano, aos 12min, André, aos 16min, Luciano, aos 45min do primeiro tempo, Samuel Xavier (contra) aos 14min, Hernane Brocador, aos 26min e Hernane Brocador, aos 31min, Jadson, aos 41min do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Uendel (Guilherme Arana); Bruno Henrique (Ralf); Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom (Rildo); Luciano. Treinador: Tite.

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rodrigo Mancha e Rithelly; Elber (Régis), Diego Souza e Marlone; André (Hernane Brocador). Treinador: Eduardo Baptista.

Comentários

FONTENesta quarta-feira, em jogo carregado de emoções
COMPARTILHE