“Não pude fazer nada. É isso que dói”, diz motorista de Cristiano Araújo

Ronaldo também mandou recado para o seu João, pai de Cristiano. "Peço a Deus para que conforte o coração do seu João, que levante a cabeça e siga em frente", disse Ronaldo. "Quando ninguém acreditava no Cristiano, o seu João chegava na roda e dizia 'ele será um Zezé di Camargo'. Só ele acreditava", afirmou.

Bastante emocionado, Ronaldo Miranda, motorista que dirigia o carro no dia do acidente que tirou a vida de Cristiano Araújo, disse em entrevista à TV Record que se culpa por não ter tido condições de ajudar o amigo.

“Não pude fazer nada, é o que eu penso. Nessa hora, eu não pude fazer nada. É isso que dói. Peço a Deus para me tirar o “porquê”, o “se”, da minha cabeça, para eu seguir a minha vida”, disse ele em reportagem exibida pelo “Domingo Show”. “Ele quer me ver feliz. O Cristiano, onde está, ele torce por mim”, completou.

Ronaldo também mandou recado para o seu João, pai de Cristiano. “Peço a Deus para que conforte o coração do seu João, que levante a cabeça e siga em frente”, disse Ronaldo. “Quando ninguém acreditava no Cristiano, o seu João chegava na roda e dizia ‘ele será um Zezé di Camargo’. Só ele acreditava”, afirmou.

Cristiano Araújo morreu, aos 29 anos, após um acidente de grave de carro no interior de Goiás. Ele havia acabado de fazer um show na cidade de Itumbiara (a 200 km de Goiânia), quando o veículo em que estava capotou por volta das 3h na rodovia Transbrasiliana (BR-153), na altura do quilômetro 613, entre os municípios de Goiatuba e Morrinhos.

O sertanejo chegou a ser levado em estado grave, com hemorragia interna, para o Hospital Municipal da cidade de Morrinhos. De lá, foi transferido de helicóptero, mas chegou ao Hugo (Hospital de Urgência de Goiânia) já em óbito. No carro estavam ainda a namorada, Allana, o empresário Ronaldo Ribeiro e o amigo Victor Oliveira.

Cristiano Araújo era uma das principais atrações desta quarta-feira no São João de Caruaru, tradicional festival de Caruaru, em Pernambuco. Ele deixa dois filhos, João Gabriel, de 6 anos, e Bernardo, 2, frutos de relacionamentos anteriores com outras duas mulheres. Cristiano e Allana namoravam há pouco mais de um ano e não tinham filhos juntos.

Conhecido pelos hits como “Maus Bocados”, “Cê Que Sabe” e “Hoje Eu Tô Terrível”, Cristiano Araújo era, ao lado de Gusttavo Lima, Lucas Lucco e Luan Santana, uma das revelações do sertanejo desta década e era conhecido por incluir o ritmo do arrocha em suas músicas. Ele foi o cantor mais ouvido da rádio UOL, em 2014.

Comentários

FONTE Cinema.uol
COMPARTILHE