De shortinho, ex-babá de Ben Affleck fecha a cara para paparazzo

Acompanhada passo a passo pelos fotógrafos, ela foi clicada na quinta-feira (14) passeando com seu Lexus conversível ao deixar a casa dos pais em Newport

Christine Ouzounian (Foto: AKM-GSI)

Christine Ouzounian, a ex-babá apontada como pivô da separação de Ben Affleck e Jennifer Garner, não sai da mira dos paparazzi de plantão.

Acompanhada passo a passo pelos fotógrafos, ela foi clicada na quinta-feira (14) passeando com seu Lexus conversível ao deixar a casa dos pais em Newport. De shortinho, ela fez uma parada no posto de gasolina para abastecer, mas não esboçou nenhum sorrisinho ao ver que estava sendo seguida de perto pelo paparazzo.

A jovem tem sido apontada pela imprensa internacional como motivo da crise no casal, e chamou atenção ao aparecer com seu carrão conversível avaliado em cerca de 43 mil dólares (algo em torno de 150 mil reais) na tarde de quarta (12), em Los Angeles, na Califórnia.

Em recente matéria da revista Us Weekly, o processo de separação do ex-casal já estava acontecendo havia 10 meses, mas só foi confirmado em junho. Affleck e a ex-babá, que foi contratada por meio de uma agência, estariam mesmo juntos. “Eles costumavam passar o tempo juntos mesmo sem as crianças por perto e flertavam muito”, contou um amigo de Christine à publicação. “Ela diz que Ben realmente gosta dela e que o amor é de verdade”, completou a fonte. A assessoria do ator, entretanto, negou as informações.

O anúncio oficial do dívórcio do atual Batman e Garner aconteceu no dia 30 de junho, depois de 10 anos juntos. Juntos, eles tiveram três filhos: Violet, 9; Seraphina, 6; eSamuel, 3.

Polêmica no avião
Não bastasse a polêmica envolvendo o casal de atores, Christine virou novamente notícia depois de uma imagem em que aparece durante um voo para Las Vegas posando com os 4 anéis de Tom Brady conquistados pelo Super Bowl. A viagem, em que estariam o jogador, marido de Gisele Bündchen, e Ben Affleck, teria desencadeado também a crise no relacionamento da top brasileira.

Comentários

FONTERevistaquem.globo
COMPARTILHE