“Amy Winehouse pensava que estava grávida”, diz pai da cantora

"Ela estava com o Reg, eles iriam se casar. Eu não deveria dizer isso, mas ela pensava que estava grávida", revelou.

Pai de Amy Winehouse, Mitch Winehouse afirmou em uma entrevista concedida ao programa australiano “Weekend Sunrise” no domingo (16) que a cantora acreditava estar grávida do namorado antes de morrer em julho de 2011 aos 27 anos de idade.

“Ela estava com o Reg, eles iriam se casar. Eu não deveria dizer isso, mas ela pensava que estava grávida”, revelou. Amy e o diretor Reg Traviss começaram a namorar após o divórcio dela com Blake Fielder-Civil.

Na entrevista, Mitch declarou que para ele “tudo está está errado” no que diz respeito ao documentário biográfico sobre a cantora, intitulado “Amy”, dirigido pelo britânico Asif Kapadia. Segundo ele, a intérprete do hit ‘Back to Black’ é retratada erroneamente como uma pessoa triste e sozinha antes de sua morte.

“Não queríamos este filme e os fãs de Amy também não queriam esse filme para representá-la”, lamentou. Para Mitch, Traviss não aparece na produção com o propósito de que a cantora seja retratada como uma pessoa isolada.

Ele ainda negou que seu divórcio com a mãe da cantora tenha de alguma forma sua filha. “Não acredito que tenha tido o efeito traumático que todo mundo pensa”, disse. De acordo com o tabloide britânico “Daily Mail”, Mitch e Reg têm conversado sobre fazer um novo filme sobre Amy para que os erros e omissões deste primeiro possam ser corrigidos.

O diretor Kapadia se defende das acusações de Mitch. “Penso que este é um filme sobre Amy e sobre o que aconteceu a ela às pessoas ao seu redor”, falou ao jornal “The Independent” em junto deste ano. “Uma vez que você lê as letras das músicas, você entende que todas as respostas estão ali. Não há nada no filme que já não esteja nas lestras”, afirmou.

Comentários

FONTEUol
COMPARTILHE