Garoto tropeça em museu de Taiwan e danifica quadro de US$ 1,5 milhão

Ele abriu buraco na obra-prima do mestre italiano Paolo Porpora. Tela do século 17 foi restaurada e voltou a ser exibida nesta terça-feira (25).

Um quadro de US$ 1,54 milhão voltou a ser exibido na capital de Taiwan nesta terça-feira (25) depois de ser restaurado em razão dos danos provocados quando um menino de 12 anos tropeçou, perdeu o equilíbrio e fez um buraco na tela, afirmou o organizador da exposição.

Assista ao acidente no vídeo acima.

“Flores”, do mestre italiano do século 17 Paolo Porpora, é parte de uma exposição “Faces of Leonardo”, que acontece em Taipé e tem obras de arte pintadas ou influenciadas por Leonardo da Vinci.

“Foi um acidente tão raro”, disse David Sun, principal organizador da mostra, sobre o ocorrido no final de semana. “O menino estava ouvindo o guia e não estava olhando para onde ia. Tropeçou e abriu um buraco na obra de arte.”

Sun afirmou que o menino e sua família lamentam muito e não vão ser alvo de nenhuma punição.

“Tínhamos um especialista italiano por perto e imediatamente contatamos o colecionador”, disse Sun. “Decidimos reparar a pintura imediatamente no local e ela já está de volta à mostra.”

Um autorretrato do próprio Da Vinci, avaliado em cerca de 200 milhões de euros, também integra a exposição.

Em 2006, em Cambridge, Inglaterra, um visitante britânico quebrou vasos chineses de 300 anos de idade, quando tropeçou ao pisar no cadarço de seus sapatos.

Também em 2006, mas nos Estados Unidos, o magnata Steve Wynn danificou com uma cotovelada uma tela de Picasso no valor de US$ 139 milhões (122 milhões de euros) que acabara de vender.

Comentários

FONTEG1
COMPARTILHE