Daniel Craig diz que James Bond deixou de ser sexista: “o mundo mudou”

Daniel Craig começou a interpretar James Bond em 2006, no filme "007: Cassino Royale". Depois disso, ele viveu o agente secreto em "Quantum of Solace (2008) e "Operação Skyfall" (2012).

O ator britânico Daniel Craig, que atualmente encarna o espião James Bond, acredita que seu personagem não é “tão sexista e misógino” quanto nos filmes anteriores. “O mundo mudou”, disse em entrevista à revista “Esquire”. Craig disse ainda que James Bond é um personagem muito solitário e infeliz, apesar se estar sempre rodeado de mulheres bonitas.

“Há uma grande tristeza. Ele transa com belas mulheres, mas, em seguida, elas saem da vida dele.  Pode ser até uma agradável fantasia, mas depois de um par de meses…”, disse. “Eu não sei se gostaria de passar muito tempo com ele. Talvez uma noite, mas depois de algumas horas eu não sei. Mas eu não julgo ele. Não é dever do ator julgar seu personagem”, completou.

O ator ainda sinalizou que pode deixar de interpretar James Bond após o filme “007 Contra Spectre”, que será lançado mundialmente no dia 26 de outubro, em Londres. “Neste momento não gostaria (de interpretar James Bond em outro filme). Tenho uma vida e tenho que seguir com ela. Mas vamos ver”, disse.

Daniel Craig começou a interpretar James Bond em 2006, no filme “007: Cassino Royale”.  Depois disso, ele viveu o agente secreto em “Quantum of Solace (2008) e “Operação Skyfall” (2012).

007 negro ou gay
Pierce Brosman, que interpretou James Bond em quatro filmes da série, disse recentemente que gostaria que o próximo agente secreto fosse negro ou gay.

“Claro. Por que não?”, retrucou o ator irlandês, ao ser perguntado por um repórter da revista masculina “Details” se conseguia imaginar um 007 homossexual

Brosnan disse duvidar que a produtora da franquia, Barbara Broccoli, permitiria um Bond gay.

“Mas certamente seria interessante de se ver. Vamos começar com um grande ator negro interpretando James Bond. Idris Elba certamente tem o porte físico, o carisma e a presença”, sugeriu.

Elba, de 42 anos, é considerado o favorito a suceder Daniel Craig, que há dez anos interpreta o agente britânico a serviço de Sua Majestade.

Comentários

FONTE cinema.uol
COMPARTILHE