Ator de “2 Filhos de Francisco” diz que filme consolidou sertanejo no país5

Um dos maiores fenômenos de bilheteria do Brasil, o filme “2 Filhos de Francisco”, completará dez anos no próximo dia 19. Para celebrar a data, a dupla Zezé Di Camargo & Luciano anunciou que o musical inspirado no filme finalmente vai sair do papel no ano que vem. A vida dupla também será o tema do samba-enredo da Imperatriz Leopoldinense no carnaval carioca de 2016. “Foi um filme vencedor”, resumiu Luciano ao UOL.

Além da dupla, quem se consagrou com o filme foi o músico e ator Dáblio Moreira, 27, que deu vida a Zezé Di Camargo criança. Na ocasião, Dáblio tinha 16 anos e a emocionante interpretação da música “No Dia em Que Eu Saí de Casa” rende frutos até hoje. Tanto é que ele acabou formando uma dupla sertaneja com Phillipe, filho de Luciano, que assim como o pai também faz a segunda voz. “A oportunidade me deu força para seguir o meu sonho de ser cantor”, contou. “O filme foi um divisor de águas na minha vida”.
A carreira musical do artista começou na adolescência. Quando tinha 13 anos, ele formou uma dupla sertaneja em Morrinhos, Goiás. “Nunca tinha trabalhado como ator. Eu fiz o teste para o filme porque queria ser cantor. Acho que foi por isso que me escolheram”, lembrou Dáblio. “O filme foi muito importante para a música. Mas, mais do que isso, ele contou uma surpreendente história de uma família brasileira”, disse. “A década que passou serviu para consolidar o sertanejo no país”.
Divulgação

Antes e depois: Dáblio aos 16 e atualmente

O filme estreou no dia 19 de agosto de 2005 e logo se transformou em um dos maiores sucessos do cinema brasileiro. Atualmente, ele ocupa o 7º lugar entre os títulos nacionais mais vistos e faturou R$ 36,7 milhões. Ao todo, 5,3 milhões de pessoas assistiram a história da dupla nas telonas.

“Jamais imaginei que eu poderia estar cantando com o filho do Luciano”, destacou Dáblio. “Até hoje, em todos os shows que eu faço, tenho que cantar ‘No Dia Em Que Eu Saí De Casa'”. Depois de “2 Filhos de Francisco”, o artista fez duas novelas na Record (“Bicho do Mato”, em 2007, e “Chamas da Vida”, em 2009) e depois voltou para Goiás. “O Emanuel (irmão de Zezé e Luciano) foi quem me apresentou ao Phillipe. Conversamos e na hora percebemos que daria certo”, lembrou.
Dáblio  que já era fã da dupla antes mesmo de ser chamado para fazer o filme. Depois das gravações, Luciano deu dicas preciosas para a sua carreira. “Por causa do Phillipe, o Luciano está cada vez mais próximo da gente. Aprendi muito com ele”, completou.
Homenagens
Luciano contou que o musical será baseado no filme “2 Filhos de Francisco”. Porém ainda não foram feitas as escolhas do elenco e do diretor. “Mas vai rolar com certeza. É uma ideia que estamos trabalhando desde 2013”, afirmou.
Sobre o carnaval do ano que vem, Luciano disse que está difícil segurar a ansiedade. “Já desfilei pela Portela e pela Viradouro quando as elas homenagearam Goiás e a música sertaneja. Eu só não sei sambar”, brincou.
“Acho que o desfile da Imperatriz em 2016 será tão grandioso quanto o filme. Nossa história será exibida na maior festa do mundo”, disse o sertanejo, destacando que a letra do samba será escolhida em uma votação no site da escola. “Durante 85 minutos nossa história será representada na Sapucaí e para mais de 180 países. Isso não tem preço”, completou Luciano.

Comentários

FONTEUol Cinema
COMPARTILHE