Curso orienta profissionais da área de beleza e Andirá

Secretaria de Saúde e 18ª Regional ministram orientações técnicas sobre instalação e funcionamento de estabelecimentos de beleza

Foto: Divulgação

Com o objetivo de esclarecer sobre informações e estratégias de proteção à saúde nos estabelecimentos de beleza, a Prefeitura de Andirá, através da Secretaria Municipal de Saúde e do setor de Vigilância Epidemiológica da 18ª Regional de Saúde promoveram, na tarde desta segunda-feira, dia 08, no Cine Teatro São Carlos curso de orientação para empreendedores das áreas de cabeleireiro, barbearia e depilação. A palestra tratou de orientações técnicas sobre as condições de instalação e funcionamento dos estabelecimentos e abordou o roteiro de inspeção que a Vigilância em Saúde promove, dentro da perspectiva normativa da Resolução 700/2013.

Entre os temas apresentados aos donos e funcionários dos estabelecimentos presentes, destaque para a legislação, códigos e biossegurança. O evento foi ministrado pela chefe do setor de Vigilância da Regional, Josenira Tavares.  A palestrante respondeu questionamentos e dúvidas dos participantes. Uma delas foi com relação ao uso das estufas nesses estabelecimentos. Ela esclareceu que, desde 2013, esses equipamentos são proibidos, tendo que ser substituídos por aparelho de autoclave, para  esterilização de equipamentos como tesouras, navalhas, por exemplo. Outro questionamento do público presente foi sobre o descarte de equipamentos cortantes. Eles pediram ajuda da Prefeitura para realizar de forma segura esta atividade.

A Secretária Municipal de Saúde, Ednyra Godoy, autorizou que estes descartes possam ser levados aos postos de saúde dos bairros (ou no posto central), para que as unidades deem destino. A secretária destacou a importância da palestra de orientação. Ela relatou que existem doenças, como a Hepatite, que podem ser transmitidas em ambientes como os salões de beleza, caso não sigam normas de proteção.   “Foi um evento muito importante. Esclarecedor, no campo de vista da legislação e no campo de vista da proteção à saúde”.

Outro ponto importante do evento foi a participação das consultoras Carol Enferdi e Jheniffer da Silva Correia –  respectivamente representantes da Sala do Empreendedor e da Associação Comercial Empresarial de Andirá (ACEAD) – que falaram sobre regularização documental, abertura de MEI (Micro Empreendedor Individual), e orientações gratuitas ao empreendedor. Enfermeiros participaram também no evento, realizando o teste rápido.