Confirmado unidade do Hospital do Câncer em Santo Antônio da Platina

Município vai doar uma área de 2 mil metros quadrados para que a atual UPA seja ampliada

Foto: Antônio de Picolli

Está tudo certo para a instalação de uma unidade avançada do Hospital do Câncer de Londrina (HCL) em Santo Antônio da Patina. A informação foi confirmada ontem por uma alta fonte da fundação mantenedora da instituição, mas que pediu anonimato por não ter autorização de falar sobre o assunto. A reportagem tentou contato com a diretora de Ações Estratégicas do Instituto do Câncer de Londrina (ICL), Mara Rossival Fernandes, mas ela não foi encontrada para falar do assunto.

No entanto, o empresário platinense, Guerino Zanetti, mais conhecido por Nego Baterias, que integra o conselho do HCL, confirmou a informação, mas ressalvou que a oficialização do acordo entre a prefeitura de Santo Antônio da Platina e o Hospital do Câncer de Londrina deverá se efetivada somente após as eleições deste ano, para que não haja ingerência política nas negociações.

Pelo acordo o município repassaria ao HCL a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), construída no final da gestão do ex-prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto (DEM), mas que esta fechada há quase dois anos sem utilização. A transação está sendo possível porque o Ministério da Saúde aceitou a proposta de que 180 UPAs fechadas em todo o país possam receber outra utilização, desde que voltada para a área de saúde.

A Unidade de Pronto Atendimento construída em Santo Antônio da Platina ocupa uma área de 1, 2 mil metros quadrados na avenida José Palma Rennó. O investimento do Ministério da Saúde corrigido a valores de hoje aproxima-se de R$ 3 milhões com uma pequena parte dos recursos bancados pelo município. Com mais 2 mil metros quadrados de área, será possível a construção de outras instalações, entre as quais, mais uma unidade de radiologia, que o edifício atual já possui estrutura semelhante.

Na atual área construída de 700 metros quadrados com suporte para atender 150 pacientes a cada 24 horas, existem sete leitos apropriados para observação. A unidade possui vínculo direto com o Samu e unidades hospitalares da cidade e região, além de oferecer exames de laboratórios e de imagens.

A UPA possui uma verba depositada em conta corrente do Município no valor de R$ 300 mil através de uma emenda do deputado federal Alex Canziani. Nego Baterias fez questão de destacar o papel desempenhado pelo parlamentar nas negociações que viabilizaram o acordo para instalação da unidade do HCL. Esse dinheiro vai ser utilizado nas melhorias planejadas por uma equipe de técnicos, entre engenheiros e arquitetos, que já estiveram na cidade vistoriando o prédio da UPA.

A reportagem apurou que a diretoria do Hospital do Câncer planeja antecipar a prestação de serviços médicos na região com uma unidade móvel que vai percorrer as cidades da região realizando atendimento preventivo de diagnósticos, principalmente em razão da alta incidência de câncer de mama nos municípios do Norte Pioneiro.