Saúde promove palestra sobre combate ao colesterol

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), os níveis de colesterol elevados atingem cerca de quatro em dez brasileiros adultos

Nutricionista Nayrana Vilas Boas fala sobre o combate ao colesterol (Divulgação)

No dia Nacional de Combate ao Colesterol, profissionais ligados ao Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) promoveram na tarde desta quarta-feira (8), na Câmara de Vereadores de Santo Antônio da Platina, palestra para debater o assunto.

A conferência foi ministrada pela nutricionista Nayrana Chagas Vilas Boas, pela farmacêutica Camila Scatena e pelo professor de Educação Física e coordenador da equipe, Gustavo César Simões.

Conforme a nutricionista, a genética é um dos fatores que pode sim desencadear o colesterol, porém, não é o único fator determinante, nem o mais importante. “Os níveis de colesterol alterados em alguém da sua família não significa, necessariamente, que o mesmo ocorrerá com você. Isso depende do seu estilo de vida, se tem o hábito de praticar atividade física e de como você se alimenta”, explica Nayrana Vilas Boas.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), os níveis de colesterol elevados atingem cerca de quatro em dez brasileiros adultos. Isso significa cerca de 60 milhões de pessoas ou 40% da população.

A mudança de alguns hábitos, mesmo que devagar, pode transformar toda uma vida. Por tanto, algumas orientações para quem tem níveis de colesterol alterados devem ser consideradas: evitar frituras e alimentos ricos em gordura; manter o peso dentro dos limites saudáveis; ter o hábito de consumir frutas, verduras e legumes; preferir alimentos integrais; praticar atividade física, pelo menos 30 minutos ao dia; evitar o estresse, alimentos e bebidas industrializadas; consumir alimentos fontes de “gordura boa”: salmão, sardinha, abacate, castanhas, azeite de oliva; evitar o consumo de álcool e o tabaco.