Prefeito Zezão assina convênio com a Cohapar para construção de 32 casas

O investimento nas 338 casas que serão construídas ao longo do temo está avaliado em mais de R$ 30 milhões

Futuros proprietários e convidados participaram do evento Foto: Edmilson Maciel

O prefeito José da Silva Coelho Neto (PHS), o professor Zezão assinou na tarde de ontem, convênio com o atual presidente da Cohapar Nelson Cordeiro Justo e com representantes da Caixa Econômica Federal, para a construção de 32 das 338 casas que deverão ser construídas em uma área localizada nas proximidades da estrada velha do Povoado da Platina. Por enquanto o conjunto habitacional ainda não tem nome. Ele apenas está sendo chamado de Loteamento Santo Antônio da Platina 2.

A solenidade reuniu os 32 novos proprietários de imóveis, selecionados pela Cohapar, autoridades da Caixa Econômica Federal, que é parceira do Estado nessa área,  secretários municipais, e os vereadores Jefferson Vernier (presidente), Miriam Montanheiro e Odemir Jacob, o Breno. O coordenador regional da Cohapar de Cornélio Procópio, Tadeu Goulart Filho também prestigiou o evento.

As 338 casas que serão construídas já haviam sido contratadas na gestão anterior e o valor avaliado do investimento é de mais de R$ 33 milhões. Cada unidade está orçada em R$ 100 mil. 80% poderá ser financiado e os mutuários pagarão uma prestação estimada em R$ 500. Os imóveis têm dois quartos, um banheiro, sala, cozinha, vaga para carro descoberta.

O prefeito Zezão disse que está feliz pela oportunidade de oferecer mais dignidade as famílias platinenses.

O presidente da Cohapar, Nelson Justo disse que é uma alegria poder participar de um momento tão feliz para as famílias paranaenses. Ele também afirmou que esse é apenas o ponta pé inicial de um projeto muito maior.

O presidente da Câmara Municipal Jefferson Vernier lembrou que o direito à moradia decente é um dos principais artigos da Constituição Nacional. Ele elogiou o prefeito Zezão pela conquista e agradeceu a parceria do governo do Estado com a Caixa Econômica Federal.

O superintendente da Caixa Econômica Federal, Valmir dos Santos salientou que a cidade está tendo um investimento grande em moradia, porque seu desenvolvimento é grande.