Polícia amplia autuações e testes de embriaguez durante feriadão

No mesmo feriado e, 2016, foram feitos 241 testes de embriaguez, 1.420 autuações, 1.081 imagens de radar.

Fotos: Cabo Valdemir

A Polícia Rodoviária  Estadual intensificou as ações de fiscalização durante a Operação Padroeira. O trabalho se estendeu ao longo dos mais de 12,8 mil km de rodovias estaduais entre quarta-feira (11/10) e a noite de domingo (15/10). De acordo com o batalhão, o número de imagens de radar, testes etilométricos, autuações e infrações relacionadas à embriaguez aumentaram em relação ao ano passado.

Em todo o Paraná, nos cinco dias, foram registrados 132 acidentes, 12 mortes, 150 feridos, cinco atropelamentos, nove infrações de trânsito pelo Art. 165 e sete infrações pelo Art. 306 (crime de embriaguez), além de 961 testes etilométricos, 2.336 autuações, 5.402 imagens de radar e 95 veículos foram retidos. No mesmo feriado de 2016 foram registrados 91 acidentes, nove mortes, 74 feridos, dois atropelamentos, seis infrações de trânsito pelo Art. 165 e quatro infrações pelo Art. 306 (crime de embriaguez), além de 241 testes etilométricos, 1.420 autuações, 1.081 imagens de radar e 84 veículos foram retidos.

“Vale ressaltar que neste ano o feriado de 12 de outubro caiu em uma quinta-feira e emendou com o fim de semana, porém no ano passado foi diferente. Por isso, este ano, o fluxo de pessoas foi maior e as ações de fiscalização foram intensificadas nas rodovias”, explicou o o porta-voz do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, tenente Tiago Croce de Moura.

NÚMEROS – No domingo (15/10) foram registrados o maior número de acidentes (39), de mortes (5), de feridos (54), de atropelamentos (2) e de testes etilométricos (312). Já a quinta-feira (12/10) foi o dia com maior índices de infrações pelo Art. 165 (3) e Art. 306 (3). No sábado (14/10) ocorreu o maior número de veículos retidos (28), sexta-feira (13/10) de imagens de radar (1443) e quarta-feira (11/10) de autuações (510).

“Tivemos um aumento nas imagens de radar e autuações no geral como falta do uso do cinto de segurança. Além disso, devido a fiscalização, houve um incremento nos testes etilométricos. O BPRv atuou para garantir a segurança da população e coibir crimes como a embriaguez ao volante”, acrescentou o tenente Croce.

LITORAL – Somente nas rodovias estaduais que ligam ao litoral do estado foram registrados sete acidentes, nenhum óbito, três feridos, nenhum atropelamento, duas infrações pelo Art. 165, uma infração pelo Art. 306, 114 autuações de trânsito geral, 992 imagens de radar, 13 veículos retidos por alguma irregularidade e 18 testes etilométricos. No mesmo período do ano passado foram registrados quatro acidentes, duas mortes, três feridos, nenhum atropelamento, dois testes etilométricos, 54 autuações, 609 imagens de radar e oito veículos foram retidos.

O domingo foi o dia com maior número de acidentes (4), de atropelamentos (1) e de imagens de radar (394). Já a quarta-feira (11/10) houve o maior número de infrações pelo Art. 306 (1), a quinta-feira (12/10) teve o maior número de testes etilométricos (15), a sexta-feira (13/10) de veículos retidos (9) e de autuações no geral (48). O maior número de feridos foi na quinta e domingo com dois em cada, assim como o número de infrações pelo Art. 165 com um na quarta e outro no domingo.

A operação contou com o efetivo das seis companhias do batalhão e dos policiais do serviço administrativo que atuaram nas ações preventivas e ostensivas nos 58 postos de fiscalização à disposição da comunidade pelo telefone 198.