Sem Lady Gaga, Pabllo Vittar ‘bomba’ em palco menor no Rock in Rio

Público era tão grande que quem estava ao fundo não conseguia ouvir a cantora

Foto: O Globo

Uma multidão correu para assistir ao show de Pabllo Vittar no pequeno palco patrocinado pelo Itaú por volta das 17h desta sexta (15) na Cidade do Rock.

O público era tão grande que quem estava ao fundo não conseguia ouvir a cantora. Em diversos momentos, coros pediam para que se aumentasse o som.

Pabllo cantou, rebolou, bateu cabelo, tirou selfie com fã e se jogou no público que a chamava de maravilhosa.

Durante “Sua Cara”, música em parceria com a cantora Anitta, fãs foram ao delírio quando a cantora fez um espacate. Jovens desciam até o chão na parte debochada do refrão que a letra diz que irá “jogar bem na sua cara”.

O público, majoritariamente LGBT, gritou “fora Temer” antes de Pabllo puxar a música “Indestrutível”.O público cantou com empolgação os hits “KO”, “Open Bar” e “Vai Passar Mal”.

A cantora foi grande acerto do Itaú e uma bola perdida da organização do Rock in Rio em deixar a atração como essa em um palco de escanteio. Ainda mais com a ausência de Lady Gaga, que cancelou sua apresentação no festival.

Maroon 5 será a atração substituta no palco Mundo. A banda irá se apresentar também no sábado (16).”Com a falta da Gaga, ficamos sem diva hoje. A sorte que colocaram a Pabllo para cantar. A energia está muito boa”, disse o estudante carioca João Pedro, 18.

Ele já assistiria Maroon 5, mas optou por não pedir reembolso pelo ingresso e não parecia arrependido.O estudante, que usava uma blusa preta transparente e abusava de poses e carões enquanto cantava, explicou que o Maroon 5 não atende 100% ao público LGBT.

“O público do Maroon não atende em parte ao pessoal LGBT. É um público mais hétero. Curti a vinda do Pabllo porque estávamos órfão de uma pessoa lacradora”, disse. Com informações da Folhapress.