Paraná segue entre os estados mais competitivos do País

O ranking Competitividade dos Estados Brasileiros de 2016/2017, divulgado nesta quarta-feira

Foto: AEN

O Paraná está mais uma vez entre os três Estados mais competitivos do País, junto com São Paulo e Santa Catarina, de acordo com estudo elaborado pela consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), divisão de análise do grupo The Economist, em parceria com o Centro de Liderança Pública (CLP) e a Tendências Consultoria.

 

O ranking Competitividade dos Estados Brasileiros de 2016/2017, divulgado nesta quarta-feira (20), considera dados dos 26 Estados e do Distrito Federal. Esta edição revela que 18 unidades da federação tiveram notas gerais menores do que no estudo anterior em razão da crise econômica. Entre os três primeiros colocados, apenas Santa Catarina teve a nota elevada.

 

O levantamento estabelece uma pontuação de 0 a 100 e, quanto mais próximo de 100, melhor posicionado o Estado. Na pontuação total, o Paraná ficou com nota 70,8, atrás de São Paulo (87,8) e Santa Catarina (77,2), e à frente do Distrito Federal (69,4), Mato Grosso do Sul (62,7), Minas Gerais (57,9) e Rio Grande do Sul (57,2).
A pontuação leva em conta um conjunto de 66 indicadores dentro de 10 pilares considerados essenciais para o bom ambiente de negócios: infraestrutura, sustentabilidade social, segurança pública, educação, capital humano, solidez fiscal, eficiência da máquina pública, sustentabilidade ambiental, potencial de mercado e inovação.

 

INFRAESTRUTURA – Paraná se destacou na área de infraestrutura, com a segunda colocação geral, atrás de São Paulo. Na edição anterior, havia ficado na quinta posição, Também ficou na segunda colocação em sustentabilidade ambiental, depois do Distrito Federal. O Estado avançou na área de capital humano, na qual passou da nona para a sétima colocação.