Hospital do Câncer de Londrina compra UPA de Santo Antônio da Platina

A questão está dependendo apenas de um parecer do Ministério da Saúde

Foto: Divulgação

O prefeito Professor Zezão (PHS) e a secretária municipal de Saúde de Santo Antônio da Platina, Ana Cristina Micó, anunciaram nesta terça-feira, dia 19, que o Hospital do Câncer de Londrina vai comprar a Unidade de Pronto Atendimento que está pronta , mas fechada em Santo Antônio da Platina.

A questão está dependendo apenas de um parecer do Ministério da Saúde, porém Ricardo Barros, ministro da Saúde, já sinalizou que a questão é apenas burocrática e não será empecilho.

Ainda faltam detalhes, pois a ideia é adquirir por R$ 2,2 milhões (valores da época da construção) e não R$ 2,8 milhões, preço atual corrigido.

“Vai atender todo o Norte Pioneiro; só de platinenses há hoje 54 pacientes do SUS (Serviço Único de Saúde) sendo atendidos em Londrina”, assinalou o chefe do executivo.

São 1.200 metros quadrados. A obra tem uma sala para recepção, sala para atendimento social, sala para classificação de riscos, para exames comuns, exames diferenciados (odontologia), depósito para material de limpeza, sala de urgência, área para guardar equipamentos, sala para diagnóstico terapêutico, para eletrocardiografia, sala de sutura, de gesso (fraturas), de inalação, de aplicação de medicamentos, de radiologia, vestuários masculino e feminino, arquivos, salas de observação masculino, feminino e infantil, posto de enfermagem,quarto individual, lavanderia, sala de esterilização de vestuários, sala para cadáveres, quarto para plantonistas masculino e feminino, sala de estar para funcionários, copa, área de recepção de alimentos, despensa para alimentos, sala de armazenamento de resíduos, apoio administrativo, sala de reuniões e outras repartições, como arquivos e posto policial.

O Hospital do Câncer de Londrina foi fundado há 48 anos. A entidade atende pacientes de 200 municípios, a maioria do Paraná, mas também de outros Estados.É uma instituição filantrópica, onde são realizados 1.200 procedimentos por dia e , em média, assistidos 10 mil pacientes.