UENP divulga sistema de cotas para Núcleo de Educação

A partir deste ano, a UENP destinará nos processos seletivo - vestibular e Sisu - 40% das vagas para alunos cotistas

Foto: Agência Estadual de Notícias

A Reitoria da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) promoveu reunião com o Núcleo Regional de Educação (NRE) de Ibaiti, na terça-feira (22/08), para divulgação do sistema de cotas sociais e sociorraciais para ingresso nos cursos de graduação da Instituição.  Participaram do encontro o vice-reitor da UENP, Fabiano Gonçalves Costa; a pró-reitora de Graduação, Ana Paula Belomo Castanho Brochado; o diretor de Acompanhamento Acadêmico, Raphael Gonçalves de Oliveira; a chefe do Núcleo, Arlete Korovisk Santos, e  professores da rede que atuam no Núcleo.

O intuito da reunião foi apresentar os processos seletivos de ingresso na UENP, com ênfase nas cotas sociais e sociorraciais para os cursos de graduação. “O objetivo principal da visita foi atingido, porque o que nós queríamos era causar a sensibilização e levar a informação das cotas para agregar parceiros para a divulgação”, disse o vice-reitor Fabiano Gonçalves Costa. Durante a reunião, foi exibido o vídeo institucional da Universidade e o vídeo das Cotas produzido para divulgação das ações na UENP, além de ser apresentado o site do Vestibular 2018 e os documentos referentes ao processo seletivo. “Nossa perspectiva é que o Núcleo e os professores possam atuar como multiplicadores. Queremos uma UENP mais democrática, acessível às diferentes representações sociais, possibilitando o acesso de todos os estudantes aos nossos cursos de graduação. E a realização desse sonho depende de todos”, acentuou o vice-reitor.

A partir deste ano, a UENP destinará nos processos seletivo – vestibular e Sisu – 40% das vagas para alunos cotistas, sendo 20% delas para candidatos de escolas públicas e outros 20% para autodeclarados negros e também oriundos de escola pública. A chefe do Núcleo, Arlete Korovisk, destacou a importância das cotas para corrigir questões sociais e sociorraciais. “Nós víamos os nossos alunos de escola pública terminando o ensino médio sem esperança de ingressar em uma universidade, sem condições de pagar uma faculdade particular. O sistema de cotas é uma vitória muito grande para nossa região”, ressaltou. O Núcleo de Ibaiti atende a nove municípios com um total de quase 10 mil alunos no ensino médio. Só no terceiro ano, são cerca de 1200 alunos.

Arlete informou que as ações afirmativas e o vestibular da UENP serão divulgados durante dois dias de formação e ação disciplinar, evento que contará com a participação de professores, pedagogos, técnicos administrativos e serviços gerais, e será realizado pelo Núcleo no início de setembro. “Todos esses profissionais terão formação nas escolas e é neste momento que nós pretendemos divulgar esse trabalho que a UENP está realizando, porque assim vamos conseguir atingir aquele aluno que precisa e seus pais também”, frisou. O Núcleo recebeu para divulgação os vídeos das cotas e institucional, folders sobre as cotas e panfletos e cartazes do Vestibular 2018.

A professora Gizele Ramos Fagundes, que atua no Núcleo de Educação de Ibaiti, ressaltou que o sistema de cotas é uma evolução. Ela partilha sua felicidade pela destinação de vagas para alunos de escola pública. “Eu fiquei muito feliz e emocionada e parabenizo toda essa ação da Reitoria da Universidade. É uma alegria total para nossa região e para todos esses alunos aqui que precisam e merecem esse presente que é mudar suas vidas através da educação”, disse a professora. “Nós professores vamos nos engajar para essa divulgação, porque conhecemos a realidade de nossos alunos. Eu fico imaginando o avanço que vai acontecer em toda região, porque essas crianças terão oportunidade de estudar, de fazer uma Universidade e realizar seus sonhos”, finalizou.

Para mais informações, acesse o site do vestibular por meio do endereço vestibular.uenp.edu.br/2018/site/  e o vídeo no YouTube pelo endereço goo.gl/k8YspW.