Taylor Swift faz doação a grupo de vítimas de abusos sexuais

A cantora cumpriu a promessa que fez ao vencer o processo contra David Mueller.

(Kevin Winter/Getty Images)

Taylor Swift disse que faria doações para instituições que ajudam vítimas de abusos sexuais e já cumpriu a promessa! A fundação escolhida pela cantora foi a Joyful Heart, comandada pela atriz Mariska Hargitay, sua amiga pessoal.

O compromisso foi firmado depois de Tay finalmente vencer o processo contra o apresentador de rádio e DJ David Mueller. Em 2013, ele colocou a mão por baixo da saia da cantora e apertou a bunda dela. Depois, David foi demitido da rádio onde trabalhava e decidiu processar Taylor por supostamente ter prejudicado a vida profissional dele. Então, a artista decidiu processá-lo por abuso sexual, pedindo apenas um dólar como indenização.

“Espero que a experiência pública de Taylor – e sua decisão de falar – não só ajudem a capacitar outras vítimas para denunciar e agir, mas que também as ofereça solidariedade”, pontuou Mariska ao Huffington Post.

De acordo com Maile Zambuto, CEO da organização, a cantora fez “um investimento extremamente generoso”. Porém, nenhum valor foi revelado.