Repórter conta porque trocou a Globo por trabalho em hostel

Patrícia Taufer saiu da emissora em fevereiro do ano passado

© Reprodução/Facebook

Ajornalista Patrícia Taufer, que saiu da Globo em fevereiro do ano passado, falou pela primeira vez sobre o assunto em entrevista ao Notícias da TV.

Patrícia contou que não estava mais disposta a trabalhar até 12 horas por dia para conseguir um espaço no Jornal Nacional. “Sabe quando você não se sente mais enquadrada no negócio? Se eu quisesse ter mais espaço, crescer, teria de ter maior disponibilidade de tempo”, afirmou.

A repórter está há quatro meses trabalhando em um hostel na Vila Madalena, em São Paulo, e disse não estar nem um pouco arrependida de ter deixado a Globo para trás.

“Nunca me disseram ‘você precisa pintar o cabelo’, mas as regras estão mais ou menos implícitas. Hoje acho que o que eu fazia era um desserviço, ficar cinco horas em cima de um buraco de rua. Sou feliz com meus cabelos brancos. Fiquei cansada de fazer coisas que me deixavam desconfortáveis”, contou.