Renata Banhara volta a ser internada e passa por novo procedimento

A sequência de hospitalizações da modelo começou no dia 5 de abril deste ano

© AgNews

Renata Banhara voltou a ser internada nesta quarta-feira (16), no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para passar por uma endoscopia com biópsia. Segundo informações do seu assessor, os rins, fígado e estômago da modelo estão fragilizados “devido ao longo tempo de tratamento com remédios fortes e de alta tecnologia”. Por conta do problema, Renata chegou a vomitar sangue.

Banhara foi internada no dia 5 de abril deste ano sentindo fortes dores de cabeça. Na ocasião, ela fez um vídeo ao amigo Thiago Rocha detalhando o problema. “Eu fiz canal há seis anos atrás, e esse dente meu fechou, tudo lindo, maravilhoso, sem problema. Esse dente fez um polo de infecção. Só que ele não deu febre, ela não deu pouso, ele não infeccionou. Ele fez uma infecção sigilosa. São leves esses ossos da cabeça. A bactéria foi para os ossos, fez uma sinusite e essa sinusite criou outras bactérias. Mas a sinusite também não me deixou com febre, não saí secreção, não fez nada., tudo silencioso”, explicou ela.

Depois de uma cirurgia, realizada no dia 8 de abril, Renata chegou a perder parte dos movimentos do rosto. Assessores da modelo explicaram o caso. “Ela está na unidade semi intensiva, se recuperando, mas com muita dor porque os antibióticos ainda estão começando a fazer efeito. Ela está consciente e sente muita pressão na cabeça, na face, disse que parece uma contínua dor dente misturada a sensação de uma forte sinusite. Ela acaba ficando muito tensa e a pressão dela está subindo muito por causa disso, ela está muito angustiada”, contou.

Em maio, depois de passar por outros procedimentos, Renata ainda manifestava problemas como sinusite, devido a gravidade do caso, e passou a ser acompanhada por uma equipe especializada em infectologia.

Em julho, a modelo decidiu se afastar das redes sociais e mandou recado para o público. “Quero ser lembrada como uma mulher de ‘peito’ rs…de força,colorida,feliz e plena. Nada de coitadinha ou vítima! Porém é inevitável teclar e postar o que estou vivendo,não está fácil muita dor, medo, desespero do desconhecido e das alterações que estou tendo. Meu processo será lento de altos e baixos”, declarou Renata.