Estacionamento em 45° é a solução para falta de vagas no centro da cidade

A nova medida começou a ser implantada na semana passada e já rendeu inúmeros elogios

Alameda Santos Dumont conta agora com estacionamento em 45°

Estacionar no centro de Wenceslau Braz tem sido uma tarefa árdua. Entretanto, a prefeitura local encontrou uma solução para a equação ‘muitos carros e poucas vagas’ também na matemática: estacionamentos em 45°.

A nova medida começou a ser implantada na semana passada e já rendeu inúmeros elogios, desde comerciantes da região até moradores que precisam ir ao centro de carro rotineiramente.

Até agora são mais três os quarteirões abrangidos com a nova forma de estacionar. Na Alameda Santos Dumont são dois, na altura da praça da matriz e na altura do Colégio Estadual Dr. Sebastião Paraná. O outro estacionamento em 45° está na Rua dos Expedicionários próximo ao Espaço Chico.

Com a medida, o número de vagas para carros estacionarem praticamente se multiplica por três, ou até mais, dependendo do lugar. Um caso que ilustra bem esta situação é a praça da matriz, local de grande fluxo de veículos. Antes da medida, estacionavam em média entre quatro e seis carros de passeio por vez. Com o estacionamento em 45° este número sobe para 18.

“Existia um problema grave de falta de estacionamento, que inclusive prejudicava o comércio. Acredito que na altura da praça da matriz este problema esteja completamente sanado. É uma medida que agrada aos motoristas, rende muito mais vagas e não prejudica em absolutamente nada o fluxo de veículos no local”, avalia o prefeito de Wenceslau Braz, Paulo Leonar (PDT).

Tendência

Inicialmente a prefeitura fez um teste na rua dos Expedicionários próximo a Apae, em um trecho que passou a ser mão única e com estacionamento em 45°. Como a aceitação entre a população foi grande, a medida passou a ser estudada em novos locais.

De acordo com o prefeito Paulo Leonar, esta forma de estacionamento deve se expandir por mais áreas do centro da cidade. “Na medida que o município for se adaptando, a tendência é que vários outros pontos passem a ganhar o estacionamento em 45°, que eu acredito que é a melhor solução para o problema de falta de vagas para carros”, afirma.

Bicicletários também “criam” novas vagas

Além da criação de mais vagas, a prefeitura também aposta na instalação de bicicletários para incentivar a população local a usar mais as bicicletas e diminuir a quantidade de carros no centro.

Bicicletário sendo instalado em frente ao Colégio Estadual Sebastião Paraná

Apenas na área central foram instalados quatro estacionamentos para bicicletas, o que deve trazer reflexos positivos para o trânsito. “Esta é uma ação que faz parte do nosso plano de governo. Vamos incentivar o uso de bicicletas e acredito que com o tempo muitas pessoas vão adotar este meio para se locomover dentro da cidade, deixando o movimento de carros um pouco menor”, acrescenta Paulo Leonar, que fez questão de ir trabalhar de bicicleta assim que o bicicletário próximo à prefeitura foi instalado.