Ceasa vai ganhar nova unidade de saúde

O anúncio foi feito durante campanha do Agosto Azul, que levou serviços gratuitos de saúde às instalações da Ceasa.

Ceasa Curitiba promove reunião com novos permissionários. Foto: Divulgação Ceasa PR

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, informou nesta quarta-feira (23), em Curitiba, que uma nova unidade de saúde será construída para atender a população que trabalha ou mora nos arredores da Ceasa, no bairro Tatuquara.

O investimento do Governo do Estado será de quase R$ 2 milhões em recursos do Governo do Estado. Também foi garantido o repasse de R$ 115 mil para compra de mobiliário e equipamentos.

O anúncio foi feito durante as atividades da campanha “Agosto Azul”, que levou uma série de serviços gratuitos de saúde às instalações da Ceasa, na capital. “Atendendo a uma reivindicação que recebemos da comunidade, vamos investir recursos próprios para que esta obra saia do papel. O objetivo é construir uma estrutura que esteja à altura da demanda da região”, disse o secretário.

Para Caputo Neto, a área de abrangência da Ceasa deve ser tratada como se fosse uma verdadeira cidade. “Temos que dar uma atenção especial a este lugar. Mais de 15 mil pessoas circulam por aqui todos os dias, um volume superior à população de diversos municípios paranaenses”, ressaltou.

A comunidade da Ceasa já conta com uma unidade de saúde à disposição. Contudo, o prédio é modesto e não tem espaço adequado para suportar a demanda local. Além disso, também não é viável ampliar a atual estrutura devido a dificuldades no projeto.

Segundo a secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Cecília Huçulak, a nova unidade ficará dentro da Ceasa, em um terreno cedido pela administração à Prefeitura. “Esta parceria com o Governo do Estado tem sido essencial para resgatarmos o sistema de saúde da capital. A liberação desta obra é mais uma prova disso”, afirmou.

EXAMES – Dentro das ações do Agosto Azul na Ceasa, promovidas nestas terça e quarta-feira (22 e 23), foram realizados 754 procedimentos, entre testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites B e C, teste de glicemia, aferição de pressão arterial, vacinação e orientações de saúde. No total, mais de 250 pessoas participaram dos vários serviços gratuitos de saúde na sede do Sindicato dos Permissionários da Ceasa Curitiba (Sindaruc).

A ação contou com equipes das secretarias de Estado, e do Município de Curitiba da Saúde, tendo ainda apoio da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, da Ceasa Paraná, e do Sindaruc.

“Foi importante escolher a Ceasa para essa etapa da campanha, local por onde passam mais de 15 mil pessoas todos os dias, a maioria homens e que ali tiveram acesso a exames de rotina gratuitos. É importante conscientizar o homem que precisa fazer os exames médicos com frequência. É sempre melhor prevenir”, disse o secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortiguara.

A agricultora Rosa Belniak, de Quitandinha, município da Região Metropolitana de Curitiba, foi uma das atendidas nesta quarta-feira. Enquanto seu marido e o filho estavam no Mercado do Produtor, comercializando produtos trazidos da sua propriedade, na comunidade de Reis, dona Rosa entrou na fila para fazer os exames disponíveis.

“Estamos sempre uma vez por semana aqui na Ceasa vendendo as nossas produções. Achei muito boa essa iniciativa. Precisamos sempre estar atentos para os cuidados com a saúde”, disse a agricultora após medir a pressão, e ver o nível de diabetes. “Tá tudo em ordem. Posso continuar na lavoura sem problemas”, sorriu ela, enquanto esperava o resultado de outro exame.

O motorista Pedro Aleixo também aguardava ser chamado para fazer testes rápidos. “Como trabalho aqui no mercado aproveitei para vir. Nunca fiz uma bateria de exames como estes que estão nos colocando à disposição”, disse.

Quem também se beneficiou dos trabalhos das equipes de saúde na Ceasa foi Vanderlei Sartori. Natural de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, ele chegou cedo ao mercado com uma carga de 784 caixas de maçã, encomendadas por três empresas atacadistas da Ceasa Curitiba.

“Neste período de safra venho em média duas vezes por semana aqui, com cargas de frutas. Fiquei sabendo que teríamos hoje a possibilidade de fazer essa série de exames. Isso é muito bom para todos nós”, afirmou.

PARCEIRAS – O diretor-presidente da Ceasa Paraná, Natalino Avance de Souza, destacou a parceria entre os órgãos do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Curitiba para viabilizar a ação. “Cada vez mais estamos ampliando os serviços oferecidos aos trabalhadores e população que frequentam a Ceasa Curitiba. Esta parceria é bem-vinda e vamos ampliá-la”, disse.

Para encerrar o Agosto Azul na Ceasa, haverá uma ação noturna de saúde com a oferta de testes rápidos a partir da meia-noite do dia 28 (segunda-feira). Na terça-feira (29), às 10 horas, haverá uma palestra sobre álcool e outras drogas com o psicólogo Dionísio Banaszewski.