Agentes penitenciários aprimoram técnicas em treinamento

Durante dois dias, os agentes participaram de aulas teóricas e práticas de ações de contraemboscada e balística

Foto: Osvaldo Ribeiro/SESP

Trinta e cinco agentes penitenciários integrantes do Setor de Operações Especiais (SOE), que atua como primeiro interventor em situações de crise nas unidades do sistema prisional paranaense, participaram de um treinamento ofertado pelo Departamento Penitenciário Nacional, órgão vinculado ao Ministério da Justiça.

Durante dois dias, os agentes participaram de aulas teóricas e práticas de ações de contraemboscada e balística, no Complexo Penitenciário de Piraquara, Região Metropolitana de Curitiba, para integração de forças e aprimoramento de técnicas.

“Em conjunto, buscamos discutir e alinhar doutrinas de intervenção prisional e promover a integração das forças”, conta o responsável pela Divisão de Operação e Segurança (DOS) do Departamento Penitenciário do Paraná, Humberto Benigno Ferreira Junior.

A ação contou com a participação de integrantes do grupo das bases do SOE de Curitiba e Região Metropolitana, Londrina, Maringá e Cascavel.

GRUPO – O SOE é formado por agentes penitenciários que integram o quadro efetivo do Depen do Paraná e que passam por processo seletivo para participar do grupo especial. Eles recebem treinamento específico em técnicas de intervenção em ambiente prisional, imobilização, gerenciamento de crise, direitos humanos, manutenção e manejo de armamento e tiro.