Rodriguinho é processado pela prefeitura de SP

Ex-vocalista de Os Travessos deve R$ 36 mil em multas de seu carro

Fonte: Instagram

Rodriguinho se envolveu em uma encrenca daquelas. O ex-vocalista do grupo Os Travessos está sendo processado pela Prefeitura de São Paulo, por dever R$ 36 mil em multas de sua Land Rover.

Segundo o jornal “Extra”, o banco que financiou o veículo do pagodeiro também cobra R$ 72 mil por parcelas atrasadas, e o IPVA também está em aberto.

Ainda de acordo com a publicação, o carro do cantor não foi encontrado para apreensão.

E ainda tem mais! Há quem diga que Rodriguinho também acumula R$ 40 mil de dívidas de aluguéis do imóvel onde funcionava sua antiga produtora no Tatuapé, zona leste da capital paulistana.

Em tempo: Antes do episódio do carro, Rodriguinho já travava uma batalha judicial contra a ex-empresária Vera Cardoso. Em 2013, a juíza Paula Veloso Rodrigues Cardoso condenou o cantor a pagar R$ 1,8 milhão à produtora, mas até o momento ele quitou apenas R$ 20 mil.