Operação Rondon desembarca em Santo Antônio da Platina

Iniciativa que estimula a participação de estudantes universitários no processo de desenvolvimento sustentável e fortalecimento da cidadania

Universitários e professores tem intenção de contribuir com a comunidade e com as lideranças locais (Divulgação)

Entre os dias 23 e 5 de agosto Santo Antônio da Platina recebe o Projeto Operação Rondon. São 24 pessoas envolvidas no projeto, entre professores e universitários, que desembarcam no município com a finalidade de desenvolver trabalho voluntário com a intenção de melhorar as condições de vida e bem estar da população. A intenção é contribuir com a comunidade e com as lideranças locais. Para a recepção de boas vindas dos rondonistas, a prefeitura convida á população para participar de uma passeata no domingo, 23, com saída às 17 horas do Centro de Convivência do Idoso, localizado na avenida Palma Rennó, 393.

O Projeto Rondon, coordenado pelo Ministério da Defesa, é um projeto de integração social que envolve a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população e busca aproximar esses estudantes da realidade do País, além de contribuir, também, para o desenvolvimento das comunidades assistidas.

É uma iniciativa que estimula a participação de estudantes universitários no processo de desenvolvimento sustentável e fortalecimento da cidadania em municípios isolados e com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Beneficia os municípios selecionados com o envio de professores e alunos universitá­rios de diferentes áreas do conhecimento.

As universidades participantes do projeto no Paraná são: Uepg, Uenp, Unioeste, Unespar, UEM, UEL, Utfpr e Positivo. Além desses, também participam o Cescage, a Fapar e os Escoteiros do Brasil.

Cronograma das atividades

No dia 24 serão ministradas: Oficina sobre segurança alimentar e aproveitamento integral dos alimentos, no Salão Paroquial; Oficina sobre o papel do agente comunitário de saúde e atenção primária, na Casa da Cultura.

Dia 25, os rondonistas promovem: Oficina sobre planejamento e projeto de captação de recursos, na sala de reuniões na prefeitura; Oficina de brinquedos com materiais recicláveis e Oficina de doces e compotas, na Platina; Oficina sobre DST com ênfase na sífilis, HIV, HPV, na UBS da Vila Ribeiro; Oficina sobre o papel do agente comunitário de saúde e atenção primária, na Secretaria Municipal de Saúde; Oficina de atualização sobre o tema psicomotricidade e o desenvolvimento infantil, na Casa da Cultura; Oficina sobre o ambiente escolar com ênfase no trabalho escolar coletivo, no salão da Escola Sagrada Família.

Na quarta-feira, 26, serão desenvolvidas: Oficina sobre o papel do agente comunitário de saúde e atenção primária, direcionada à equipe de saúde; Oficina sobre orçamento familiar, na Escola Municipal Vilma Longo; Oficina sobre comunicação e imagem da prefeitura, na sala de reuniões da prefeitura; Oficina sobre higiene bucal, no Cmei Hermínia Patrial; Oficina de sabão a partir de óleo de cozinha e Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, no distrito Conselheiro Zacarias; Oficina sobre higiene e saúde, na Escola Municipal Franklin Delano Roosevelt; Gincana Cidade Limpa Munícipe Consciente, no Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS); Oficina de brinquedos com materiais recicláveis; Oficina sobre Higiene e Saúde, Escola Municipal Joaquim José; Oficina sobre saúde, alimentação e orçamento familiar, Escola Municipal Vilma Longo.

Quinta-feira, 27, acontecem as seguintes oficinas: Oficina sobre Higiene Bucal, Cmei João Galdino; Oficina de doces e compotas, no Centro de Atenção Psicossocial; Oficina sobre higiene e saúde, na Escola Vilma Longo; Oficina de brinquedos com materiais recicláveis e Oficina de sabão a partir de óleo de cozinha, no patrimônio Monte Real.

Dia 28 acontecem: Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, Escola Ivonice; Oficina sobre cerimonial e protocolo, na sala de reuniões da prefeitura; Gincana cidade limpa Munícipe consciente, nas Escolas Estaduais; Oficina sobre higiene e saúde, na Escola Ophélia Nascimento; Oficina de doces e compotas; Cine Rondon, no Creas; Oficina sobre higiene bucal, na Casa da Cultura; Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, na Escola Hercílio Custódio; Oficina sobre gestão do pequeno negócio, na Associação Comercial e Empresarial de Santo Antônio da Platina (ACESAP).

No dia 29, serão realizadas as respectivas atividades: Festa Junina, na Casa Lar; Oficina sobre adubação orgânica e Oficina sobre conselhos municipais e a comunidade, no Centro de Eventos; Oficina sobre percepção ambiental e valorização do ambiente, em toda cidade.

No domingo, 30, será ministrada a Oficina sobre cooperativismo e associativismo, no Centro de Eventos e a Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, na Casa Lar.

A segunda-feira, 31, terá no município: Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, no CRAS; Oficina de higiene bucal, no Cmei Maria Thereza Rennó; Oficina de higiene bucal, no Cmei São Gabriel; Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, no CRAS; Oficina de treinamento BPF, no Centro de Eventos; Oficina de reciclagem artesanal de papel;

Oficina de manejo do descarte dos medicamentos vencidos e sobras, no Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) Vila Claro.

No dia 1º acontecem: Oficina sobre o funcionamento e classificação de risco baseado no protocolo de Manchester, na Secretaria de Saúde; Oficina sobre programas do governo, na Secretaria de Educação; Oficina homem de ferro e alimentação saudável, na Casa da Cultura; Oficina treinamento BPF, no Centro de Eventos; Oficina Colorindo o meio ambiente, no EMEI Iracema Baggio; Oficina de manejo do descarte dos medicamentos vencidos e sobras, no NASF Vila Sete.

As oficinas ministradas no dia 2 são: Oficina para explicar o uso correto e incorreto de medicamentos, no CAPS; Oficina terapêutica lúdica, no Centro de Especialidades Médicas; Gincana Escola Limpa Estudante Consciente, na Escola Pedro Claro; Oficina homem de ferro e alimentação saudável, na Casa da Cultura; Oficina terapêutica lúdica, no CAPS; Oficina sobre higiene bucal, no CRAS; Oficina de sabão a partir de óleo de cozinha, no CREAS; Oficina de brinquedos com materiais recicláveis, na Escola Nohêmia Lopes Galvão; Oficina de manejo do descarte dos medicamentos vencidos e sobras, no NASF Vila Ribeiro; Oficina sobre saúde, alimentação e orçamento da família, na Escola Vilma Longo.

O penúltimo dia de atividades, dia 3, acontecem: Palestra sobre cyberbullying; Oficina sobre currículo e preparação para o mercado de trabalho, no CREAS; Oficina de gestão do orçamento familiar, no CRAS; Oficina de treinamento de boas práticas de fabricação ambulantes

Oficina sobre Higiene e Saúde; Gincana Escola limpa Estudante Consciente, na Escola Monteiro Lobato.

No último dia, 4, de agosto, os rondonistas promovem: Gincana Escola limpa Estudante