Atendimento médico no Centro Social e nos postos de saúde desafoga fila PS

O professor Zezão, tratou de medidas importantes para diminuir a fila de espera por atendimento no Pronto Socorro e as duras criticas à Secretaria Municipal de Saúde.

Medidas foram discutidas na quinta-feira, no gabinete do prefeito Jose da Silva Coelho Neto (Divulgação)

Uma reunião na tarde de quinta-feira, 6, entre oito dos noves vereadores de Santo Antônio da Platina e o prefeito José da Silva Coelho Neto (PHS), o Professor Zezão, tratou de medidas importantes para diminuir a fila de espera por atendimento no Pronto Socorro e as duras criticas à Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com o humanista, dentro de 15 dias haverá médico duas vezes por semana no Centro Social Urbano (CSU) para auxiliar no atendimento a pacientes que buscam por atenção básica no PS. “Após triagem no Pronto Socorro, os casos menos complexos serão encaminhados para atendimento no Centro Social, onde disponibilizaremos médicos até às 21 horas, duas vezes por semana. O objetivo é desafogar o PS para tratar somente dos casos emergenciais”, explica o prefeito.Conforme o vereador Genivaldo Marques (PSDB), na reunião também ficou acertado que, em breve, a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Santa Terezinha passará a oferecer atendimento médico três vezes por semana à população. “Com a medida, o município passa a ter três UBS com atendimento médico noturnos moradores. Na Vila Ribeiro, no Centro Social Urbano e na Vila Santa Terezinha. Havendo estrutura para o funcionamento das unidades nos bairros, que ainda é precária, consequentemente irá diminuir a procura por médicos no Pronto Socorro e as reclamações. Além disso, após a consulta os pacientes poderão solicitar os medicamentos receitados pelos profissionais nas farmácias das próprias unidades de saúde”, avalia o parlamentar.