Após cirurgia, hemorragia de Tony Salles é controlada na Bahia

O cantor necessitou ser submetido a uma cirurgia de emergência, por causa de uma ruptura espontânea no baço

Tony Salles Parangolé © DIVULGAÇÃO

O cantor Tony Salles, vocalista da banda Parangolé, passa bem após ser submetido a uma cirurgia par conter uma hemorragia no baço, na tarde desta terça-feira (18), no Hospital Aliança, em Salvador, conforme boletim médico divulgado após o procedimento.

De acordo com o boletim, ele necessitou ser submetido a uma cirurgia de emergência, por causa de uma ruptura espontânea no baço. “A ocorrência, rara em casos de malária, embora não seja provocada pela doença de base, decorre da friabilidade (propriedade que têm certas substâncias de se partirem com facilidade) e consistência do próprio baço reagindo a processos infecciosos sistêmicos”, acrescentou o documento.

De acordo com a equipe médica, o procedimento foi feito via videolaparoscopia, sob anestesia geral, às 12h45 desta terça e teve duração de 1h15. Ainda segundo o boletim médico, o procedimento teve êxito imediato no controle da hemorragia e manutenção do órgão.

“O paciente evolui no pós-operatório, lúcido, sem sinais de novas perdas sanguíneas, e é mantido sob acompanhamento médico intensivo” afirma o comunicado do hospital, segundo o site G1.

Tony contraiu o protozoário em um show feito na Guiné Equatorial, na África, no dia 25 de junho. Ele está internado desde o dia 10 de julho. As visitas estão restritas e a mulher do cantor, Scheila Carvalho, está com ele no hospital. Na segunda-feira (17), Tony teve que passar por uma transfusão de sangue por conta de anemia.

Devido à doença, a agenda de shows do Parangolé prevista para o último fim de semana foi cancelada. O grupo tinha apresentações marcadas nas cidades mineiras de Santa Maria do Suaçui, no sábado (15), e em Pedra Azul, no domingo (16).