Álbum que Lennon autografou para seu assassino é colocado à venda

Cópia do disco foi assinada pelo ex-beatle e entregue à Mark David Chapman, o homem que o matou horas após receber o autógrafo

© Getty Images

A edição de “Double Fantasy” autografada por John Lennon para seu assassino está sendo vendida por US$ 1,5 milhão -ou cerca de R$ 4,7 milhões.

O site “Moments in Time” anunciou a venda do álbum na segunda-feira (17). A cópia do disco foi assinada pelo ex-beatle e entregue à Mark David Chapman, o homem que o matou horas após receber o autógrafo.

Em 8 dezembro de 1980, Chapman atirou em Lennon na entrada do edifício Dakota, em Nova York, onde o cantor morava com sua mulher, Yoko.

Após os disparos, um funcionário do prédio encontrou o álbum e o entregou à polícia, que utilizou o objeto como evidência contra Chapman, condenado a prisão perpétua.

Anos depois, o disco foi devolvido ao homem que o encontrou como forma de gratidão. A edição foi vendida em 1999 por US$ 150 mil. Com informações da Folhapress.